Recém-contratada da Globo, MariMoon vence depressão e declara: “Tô super feliz”

Em entrevista exclusiva ao Tudo Improviso, a apresentadora e blogueira MariMoon diz que está feliz da vida com a nova fase pessoal e profissional, comemora seu retorno à TV e anuncia a volta da loja online em 2016. Ela também informou que pretende fazer um talk-show e irá realizar o sonho de viajar ao Japão no segundo semestre deste ano. Conhecida como a primeira celebridade da internet no Brasil, MariMoon revela os problemas pessoais e de saúde que enfrentou após a saída da MTV e conta como recebeu o convite da Rede Globo para fazer a cobertura do Lollapalooza. O maior festival de música alternativa do país acontece nos dias 12 e 13 de março, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Confira a entrevista completa com MariMoon:
 
1) O que mudou na sua vida depois da saída da MTV em 2012?
 
“Muitaaaaaa coisa! Acho que mais coisa do que eu poderia caber nessa entrevista. Mas eu vou tentar resumir! Senta que lá vem história…

Logo depois que eu saí da Mtv, eu me senti péssima e fiquei super deprimida. Primeiro porque a Mtv era uma coisa muito importante pra mim, não só como ambiente de trabalho onde eu cresci, fiz amigos e fui muito feliz, mas como um canal que eu admirava desde a adolescência e com o qual eu me envolvi profundamente. Não consegui gravar meus momentos marcantes, não consegui ir na festa de despedida, não consegui ir no último dia… Eu estava péssima, péssima, péssima. Ainda juntou com término de namoro, a perda de uma amiga… Foi um caos. Mas daí eu respirei fundo e resolvi viajar pra arejar a cabeça. Fui pra Índia, pra Berlim, pra Califórnia, pra NY, pra China, pra Hong Kong, fiquei bastante também na casa da minha mãe nas montanhas… Foi ótimo, porque durante a minha época da Mtv eu estava ao vivo de segunda a sexta e nunca tinha conseguido viajar direito. E viajar realmente abre a nossa cabeça. E então quando eu voltei eu resolvi arregaçar as mangas e resolver duas coisas: minha saúde e minha vida profissional.

 
MariMoon foi VJ da MTV por cinco anos e ganhou vários prêmios como melhor apresentadora na extinta emissora. Ela comandou os programas Scrap MTV (2008 – 2010), Colírios Capricho (2010 – 2011) e Acesso MTV (2010 – 2012)
A saúde foi um processo que ainda está se desenvolvendo. Eu sofro da Síndrome do Ovário Policístico e isso gera várias reações chatíssimas em mim, entre elas problemas de pele, desequilíbrio hormonal e consequentemente depressão e outras chatices. Pra resolver isso eu mudei minha dieta, meus hábitos e comecei a praticar mais exercícios, além de procurar medicinas alternativas como acupuntura. Quanto à vida profissional, eu tive ajuda da Maíra, minha amiga, que virou minha parceira no site e nas redes sociais. Passei a encarar tudo que antes era só hobbie com mais profissionalismo e transformamos meu blog num portal que hoje tem 2,5 milhões de views mensais. Outro parceiro que ajudou foi a Estilingue Filmes, que fez a webserie Siga@MariMoon comigo e marcou a estreia do meu canal no YouTube. Tudo isso me fez muuuuuuito bem e como vocês devem imaginar, a essa altura eu já estou ótima! Superei as bads, a deprê e tá tudo certo. Tô super feliz comigo mesma, com a minha vida pessoal, com minha carreira profissional e animadíssima com tudo que está acontecendo. Durante os últimos anos eu fiz alguns trabalhos bem legais na TV, como as reportagens culturais pro Amaury Jr., participei de coberturas de festivais com o Multishow e uma ou outra participação tipo na final do Masterchef. E agora a Globo me chamou pra fazer o Lollapalooza! Uma grande conquista!!! Estou MEGA feliz!!!!”.
2) Recentemente você divulgou nas redes sociais que foi contratada pela Rede Globo e irá apresentar o Lollapalooza 2016 ao vivo. Como o convite chegou até você e o que o público pode esperar da sua ida para a emissora?
“Pois é, que loucura! A Globo me convidou a algumas semanas atrás pra apresentar o Lolla e eu quase não acreditei. Pensei que era um teste entre várias pessoas, mas não. Claro que gravaram um vídeo de teste de luz/figurino/cenário/etc e mandaram pro Boninho e pra ‘chefia master’ aprovar antes de dizer ‘ok, vai rolar mesmo’, mas era isso. Me queriam mesmo e logo depois já avisaram que todos tinham gostado e que era pra eu voltar depois pra gravar as chamadas. Foi surreal. Voltei pra casa naquele dia com a cabeça nas nuvens…”.
3) Você pode revelar até quando vai o seu contrato com a Rede Globo? 

“Meu contrato é só pro Lollapalooza. Mas acho que se a galera curtir minha participação… Quem sabe? Imagino que a reação da galera na internet vá determinar se eu tenho chance de ficar ou não. Quase como um BBB, hein? Me ajudem!!! xD~”.


Aos 33 anos, MariMoon posou nua em cima de um telhado para o projeto “365 Nus”, do fotógrafo Fernando Schlaepfer, e tornou-se um dos assuntos mais comentados das redes sociais na última semana
4) Quais são seus projetos futuros?
“Estou a fim de criar um conteúdo bem legal pra galera que me acompanha. Não só pro meu site, mas pras redes sociais, YouTube e tal. Quero fazer um talk-show e também registrar minhas férias no verão (do hemisfério norte) europeu agora em Junho/Julho e depois no segundo semestre minha ida ao Japão (finalmenteeeeeee). Sempre curti fazer conteúdo pra internet desde os anos 90, eu realmente adoro compartilhar minha vida e descobertas com vocês! Outra coisa que deve rolar em breve é a minha loja online, que deve voltar agora nesse ano, que eu estou mais estruturada. Já estou vendo uma parceria e pensando nos produtos, conversando com marcas e produtores legais”.

5) Você desenvolve outros trabalhos fora da internet?

“Estou sempre fazendo tanta coisa. Tem um livro de ficção no forno e quero muito concluir um projeto infantil bem fofo que eu tô a um tempão trabalhando. Uma hora rola! Vocês vão amar!!!”.
6) Você mudaria seu visual e abriria mão dos cabelos coloridos por um trabalho? 

“Bom, sempre dá pra usar uma peruca, né? Mas depende. Se pra fazer algum trabalho tipo um filme ou um programa me exigissem que eu fosse loira, por exemplo, eu usaria uma peruca loira bem legal. Agora se for tipo uma marca de tinta e é pra eu ter cabelo preto pintado da tinta, aí não rola… Hahahahah”.

MariMoon começou a fazer sucesso na internet com o Fotolog, em 2003. A plataforma de compartilhamento de fotos foi excluída em fevereiro deste ano, mas antes, ela deixou uma mensagem de agradecimento e despedida
7) Você tem um dos blogs mais acessados do país. Como conseguiu se destacar em meio a tantos outros?
“Talvez por fazer parte da primeira geração de blogueiros. Mas o difícil foi se manter, afinal eu pessoalmente nunca me sustentei do meu blog. Parte por incapacidade minha de monetizar, já que eu via ele muito mais como um hobbie do que com um olhar comercial. Mas aos poucos eu fui entendendo que o que eu sempre quis era ter uma revista digital e como toda revista, ele deveria ter uma equipe de colaboradores e pra pagá-los eu precisaria de dinheiro. Esse dinheiro pode vir de publicidade ou dos leitores. Hoje em dia leitor não paga, né? Mas de qualquer modo estou montando um clube no Kickante que deve começar em breve. Seria bem legal se desse certo, mas eu sei que no Brasil a galera ainda não tem muito hábito de ajudar. Fiquem ligados no marimoon.com.br que assim que surgirem novidades eu aviso por lá!”.
8) Em tempos de YouTube, os blogs continuam dando resultado ou você precisou se adaptar a essa nova forma de mídia para manter-se em destaque? 
“Eu sempre quis ter vídeos, mas produzi-los é bem mais trabalhoso e eu ainda sofro porque gosto de coisas bem bonitinhas. Então eu estou tentando montar uma equipe de produção e procurando parceiros”.
9) Como está o andamento das séries que você estava desenvolvendo em parceria com seu tio Flávio de Souza?
“Pior que ficou um pouco de lado com tudo que anda acontecendo. Mas eu continuo trabalhando nisso em paralelo, aos poucos. Uma hora sai!”.
10) Quais são as causas pelas quais você luta? Fale um pouco mais sobre o que te comove.

“Eu fui criada indo quase todo fim de semana pra montanhas. A família da minha mãe mora todinha hoje nessas montanhas e eu vou pelo menos uma vez por mês. Isso me manteve sempre em contato com a natureza. Então logo cedo, quando eu me dei conta do tamanho do problema ambiental que vivemos hoje, eu já sabia que precisava fazer alguma coisa. Por um lado eu ajudo dando o exemplo e divulgando coisas relevantes. No meu site você encontra cada vez mais coisas sobre sustentabilidade e sempre eu estou me associando a algum projeto ‘do bem’. O mais recente está sendo a customização de um elefante, projeto da Amarula para proteção da espécie”.

 
MariMoon ao lado de sua mãe, Lia de Souza, que tem um projeto de reflorestamento em São Bento do Sapucaí (SP) e serviu de exemplo para a blogueira seguir o vegetarianismo desde a adolescência
11) Você já visitou quantos países? Qual país você gostaria de conhecer e porquê?

“Já perdi a conta. Foi Argentina, Índia, Alemanha, Inglaterra, EUA, França, Suíça, Aruba, China, Hong Kong… Acho que é isso. Quero muito conhecer Japão, Itália e bem mais do Brasil também. Japão sempre foi um sonho, eu adoro a cultura deles. Itália é muito linda e cheia de arte, que eu amo”.


MariMoon em viagem para Aruba, no Caribe, em outubro do ano passado.
 
12) O que você gostaria que os jovens de hoje soubessem?
“Nossa. Tantas coisas. Não dá pra responder essa pergunta em uma entrevista! Gostaria que soubessem que no fundo o que salva é o amor e que ele sempre vale a pena. Gostaria que soubessem também que se a gente não resolver nossos problemas ambientais vamos entrar em extinção em breve. Também gostaria que soubessem que o limite populacional da Terra era de 5,2 bilhões e a gente já está em 7,4 com previsão de 10 bilhões em 2050 (daqui a 34 anos). E que tem muita gente fazendo coisas legais pra ajudar o planeta, basta escolher uma causa e se engajar!”.
13) Dê uma sugestão de livro, música, filme ou série que você gosta.
“Recentemente eu assisti o filme ‘O Menino e o Mundo’, do artista brasileiro Alê Abreu e achei fantástico. Estou relendo ‘O Poder do Mito’ que eu amo e recomendo sempre pra todo mundo. E quanto a série, eu sou muito fã de animações e acabei de assistir toda primeira temporada do brasileiro ‘Irmão do Jorel’, do Juliano Enrico. Muito bom! Quem curte Hora de Aventura, Apenas um Show, etc vai amar”.
14) Acrescente o que você julgar importante.
“Acho legal compartilhar todas as minhas redes. Youtube.com/MariMoon, instagram.com/MariMoon, Snapchat MariMoonOficial e Facebook.com/MariMoonOficial.
 

No Facebook é legal que vocês ativem a opção de receber updates porque o Facebook seleciona o que você recebe no seu feed. Muita gente tem reclamado de não receber meus updates, então fica a dica”.

PARTICIPE

Gostou da entrevista da MariMoon? Deixe seu comentário.

Sobre o autor

Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues, estudante de Jornalismo, criador de conteúdo, repórter e fotógrafo.

Saiba mais

Comentários (0):

  1. Augusto

    10 de novembro de 2016 Em 03:40

    ELA É INCRIVEL. EU AMO A MARIMOON ♥

    Responder

Deixe um comentário