Pesquisa aponta que transtornos mentais afetam mais da metade dos universitários

Ansiedade e depressão são os transtornos mais recorrentes. Psicóloga discute a relação entre saúde mental e universidade

Trabalho docente, decente ou doente. Ansiedade, depressão e estresse são transtornos psicológicos que têm se demonstrado cada vez mais comuns no ambiente acadêmico. Tendo em vista essa realidade, os alunos Gabriel Rodrigues e Lísia Kilian, do curso de Comunicação Social – Jornalismo da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), elaboraram uma pesquisa com a finalidade de entender quais são os problemas mentais que mais afetam os estudantes e seus prováveis motivadores a nível local.

Através de um formulário online publicado em maio deste ano, 83 acadêmicos de cursos distintos, como de Direito, Enfermagem, Comunicação Social, Educação Física e Psicologia, com idades acima de 18 anos, responderam a questões objetivas sobre saúde mental no ensino superior. Desse total, 88,9% diz ter enfrentado problemas emocionais em decorrência das pressões com os compromissos da faculdade, sendo o esgotamento mental (40,3%) e a preocupação constante (29,2%) os principais causadores. A pesquisa ainda mostra que 51,9% dos participantes já buscaram ajuda profissional e receberam diagnóstico de ansiedade (55,3%) e depressão (23,4%). Confira a pesquisa na íntegra (ou acesse aqui).

Fonte: Gabriel Rodrigues e Lísia Kilian/ Unisc

Os dados levantados nesta pesquisa foram apresentados ao setor de Psicologia do Núcleo de Apoio Acadêmico (Naac), da Unisc, durante debate sobre o assunto na rádio universitária. Entre os assuntos abordados, a profissional analisa a incidência de transtornos psicológicos entre estudantes e a existência de fatores problemáticos no meio acadêmico que representam a fragilidade da universidade no quesito de uma saúde mental que garanta a permanência estudantil, além de apontar possíveis soluções. A acadêmica de Jornalismo Nathiele Droese compartilha um episódio de crise de ansiedade ocorrido ao longo da graduação. Confira no podcast, abaixo. Observação: a pesquisa foi lançada no dia 2 de maio e até o momento da gravação, no dia 4, contava com a participação de 72 estudantes. Após, este número subiu para 83, conforme detalhado acima.

Esta atividade faz parte da disciplina de Radiojornalismo, ministrada pelo professor Diego Weigelt.

Foto de capa: Reprodução/ Internet

Participe

Você já sofreu algum tipo de transtorno mental na universidade? Como está a situação hoje? Compartilhe a sua história, nos comentários.

Sobre o autor

Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues, estudante de Jornalismo, criador de conteúdo, repórter e fotógrafo.

Saiba mais

Deixe um comentário