6 dicas para o primeiro encontro perfeito

O Dia dos Namorados começa no primeiro encontro

O Dia dos Namorados está chegando e você está solteiro? Calma, nós podemos te ajudar! Nesta segunda-feira (12) os ares ficam mais românticos. Todos os casais saem para jantar juntos, vão pegar um cineminha e capricham nas declarações de amor. Por outro lado, a data pode ser terrível para os solteiros. Há quem esteja em prantos por estar sozinho, colocando Santo Antônio de cabeça para baixo, ligando e mandando mensagens para o/a crush. É um desespero que só. Muita calma nessa hora! Ainda dá tempo de chamar alguém especial para sair. Se bater o nervosismo ou você não souber o que fazer no primeiro encontro, separamos 6 dicas que poderão ajudá-lo. Confira!

1) Aja espontaneamente – Não adianta fingir ser alguém que você não é. Isso não vai durar para sempre. O outro tem de gostar de você pelo que você é. Tente encontrar assuntos afins entre vocês. Ser fiel a si mesmo é a melhor receita para começar um relacionamento.

2) Bom humor – Esteja de alto astral, animado e seja divertido, mas tudo na medida certa. Deixe de lado as reclamações, a cara feia e sorria. Um sorriso sincero pode cativar o outro mais do que mil palavras.

3) Observe e deixe-se ser observado – O primeiro encontro é o momento ideal para saber se aquela pessoa é realmente quem você espera que seja ou apenas mais uma na multidão. Fique atento aos pequenos gestos, aos olhares, às expressões. E se deixe observar também.

4) Não tenha medo do silêncio – Nesses encontros, há sempre aquele momento constrangedor em que o assunto acaba e você fica sem saber o que fazer. Acalme-se. Falar como um tagarela não vai ajudar. Deixe o nervosismo de lado e aguce seus sentidos nessa hora. Eles podem te ajudar a encontrar o assunto certo sobre o que conversar.

5) Olhe nos olhos – Olhar nos olhos demonstra sinceridade e segurança. Não fuja desse encontro de olhares. Converse olhando nos olhos e se entregue a esse momento de conquista. Tudo começa com o olhar.

6) Vá com calma – É o famoso “não vai com tanta sede ao pote”. A sinceridade é essencial, mas o autocontrole também. Não conte sua vida inteira, nem queira saber tudo de uma vez. A conquista acontece aos poucos.

OBS.: Estar solteiro não é o fim do mundo. Se você não estiver em um relacionamento, seja feliz do mesmo jeito. Antes de conhecer alguém, conheça a si mesmo. Aproveite essa fase para refletir seus objetivos, descobrir as coisas que realmente gosta, enxergar seus defeitos, suas qualidades e aprender a gostar de você. Seja paciente, a pessoa certa vai aparecer. Antes de dividir a sua caminhada, você precisa ter certeza que está dando passos firmes em busca do seu propósito. Quando menos perceber, tudo vai acontecer naturalmente. Aí então entenderá que essa fase foi a melhor fase da sua vida porque lhe preparou para uma melhor ainda – essa com outra pessoa. E você vai entender que tudo sempre fez sentido e teria que acontecer exatamente dessa forma.

Sobre o autor

Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues, estudante de Jornalismo, criador de conteúdo, repórter e fotógrafo.

Saiba mais

Deixe um comentário