3 motivos para assistir Vingadores: Guerra Infinita

Com mais de 20 heróis, filme tem a maior bilheteria de estreia e é o segundo mais caro da história

Em cartaz desde o dia 26 de abril, o tão aguardado “Vingadores: Guerra Infinita”, da Marvel Studios, reúne uma gama de heróis nunca antes vista no cinema. Entre eles, estão: Homem de Ferro (Robert Downey Jr.), Thor (Chris Hemsworth), Hulk (Mark Ruffalo), Capitão América (Chris Evans), Viúva Negra (Scarlett Johansson), Homem-Aranha (Tom Holland), Doutor Estranho (Benedict Cumberbatch), Pantera Negra (Chadwick Boseman), Visão (Paul Bettany), Thanos (Josh Brolin), Gamora (Zoe Saldana) e Senhor das Estrelas (Chris Pratt).

Na trama, os Vingadores unem forças com os Guardiões da Galáxia e seus aliados para enfrentar o poderoso vilão Thanos, que está em busca das Joias do Infinito para destruir o universo. Para tanto, os heróis terão que cometer certos sacrifícios. O trabalho conjunto e a coragem da equipe são elementos cruciais. Os esforços dos heróis para detê-lo levam-nos através do universo – de Nova York até a nação fictícia africana de Wakanda e vários planetas alienígenas -, em meio a uma série de batalhas épicas. Para a surpresa do público, personagens conhecidos são derrotados – um feito inédito nas telonas.

Poster original de Vingadores: Guerra Infinita reúne legião de heróis da Marvel. Crédito: Reprodução/ Divulgação

Para o deleite dos fãs, o filme traz um número grande de personagens e enredos, contudo, poderá se tornar um pouco confuso para meros espectadores. Portanto, requer maior conhecimento de episódios  anteriores. Esse é o ponto de encontro de várias franquias e histórias.

O destaque de Vingadores: Guerra Infinita se deve às performances do elenco, aos efeitos visuais com explosão de cores, ao peso emocional da história e às cenas de ação com um toque de comédia. É considerado pela crítica “o filme mais intenso, complexo, sombrio e emocionante do Universo Marvel”. Mesmo depois de duas horas e meia de duração, o espectador fica querendo mais.

SAIBA MAIS

Dirigido por Anthony e Joe Russo, com distribuição pela Walt Disney Studios Motion Pictures, Vingadores: Guerra Infinita é a sequência de “Os Vingadores” (2012) e “Vingadores: Era de Ultron” (2015).

A produção foi orçada em aproximadamente 322 milhões de dólares (a segunda produção mais cara da história do cinema, só atrás de “Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas”, lançado em 2011) e atinge a maior bilheteria de estreia de um filme de super-heróis. O  filme arrecadou mais de 1,6 bilhão de dólares mundialmente – o sexto longa da Marvel a ultrapassar a marca de um bilhão em faturamento.

Assista ao trailer legendado de Vingadores – Guerra Infinita:

FIQUE DE OLHO

O lançamento da sequência “Vingadores 4” está prevista daqui a um ano, em 3 de maio de 2019.

👉 Não perca tempo! Garanta já o seu ingresso no Cine Via Sete!

 

PARTICIPE

Se você já assistiu Vingadores: Guerra Infinita, deixe aqui o seu comentário. Queremos saber sua opinião!

Sobre o autor

Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues, estudante de Jornalismo, criador de conteúdo, repórter e fotógrafo.

Saiba mais

Deixe um comentário